Visualizando categoria: Categorias de Base

Visualizando categoria: Categorias de Base

MGN promove palestra do Projeto Futebol: Que Negócio É Esse?

Ontem à noite, o Movimento Grêmio Novo promoveu a terceira edição do “Projeto Futebol: Que Negócio é Esse?”. O evento discutiu a captação e formação de atletas nas Categorias de Base, tendo como palestrantes profissionais do Grêmio FBPA na área, Francisco Barletta (Coordenador de Captação das Categorias de Base do Grêmio) e Gustavo Fragoso (Auxiliar Técnico dos Juvenis do Grêmio).

Nesta edição em formato Pocket, para consumo interno dos integrantes do MGN, e convidados dos outros movimentos políticos do clube, discutimos entre outros temas, o entendimento do mercado e do processo de formação, os agentes envolvidos na captação, a divisão de mercado, bem como as tendências de captação e perfil de atletas.

O “Projeto Futebol: Que Negócio é Esse?” tem a intenção de criar uma cultura de produção de conhecimento científico, acadêmico e sistemático, tendo por objetivo mostrar as boas práticas de administração do futebol.

Na primeira edição do Projeto em 2011, em formato de seminário aberto ao público em geral, contamos como palestrantes o ex-dirigente e multicampeão pelo São Paulo, Marco Aurélio Cunha e o ex-atleta e atualmente executivo de futebol Sandro Blum. No ano passado, o tema foi a Justiça Desportiva e os Clubes de Futebol, com os debatedores Dr. Carlos Schneider (procurador do STJD), Dr. Juliano Ferrer (auditor do TJD-RS) e Dr. Gustavo Pinheiro (diretor jurídico do Grêmio na época).

Outro grande Seminário aberto ao público, está sendo programado para os próximos meses, na busca de institucionalizar a produção de informação, aliando profissionalismo e experiência, para que ela seja cada vez mais respeitada e aplicada ao futebol, tratando o esporte, antes de mais nada, como um negócio, no qual o principal capital são os títulos.

Saudações tricolores!

Movimento Grêmio Novo

Precisamos de um novo modelo para a gestão de futebol

No projeto construído pelo Movimento Grêmio Novo que servirá de base para as futuras ações a serem tomadas pelo grupo, a gestão do futebol do clube é item fundamental e um dos pontos desenvolvidos com maior detalhamento.

A principal meta do departamento de futebol deve ser a de seguir o Planejamento Estratégico do Clube com objetivo de retomar os caminhos das vitórias, unindo o principal departamento da instituição aos demais, o que no atual modelo não ocorre. Tal ação requer readequação, estabelecendo-se políticas sólidas e consistentes, e, primordialmente, integração do futebol profissional às categorias de base. Necessitamos resgatar a qualificação desta categoria, de forma a viabilizar a natural sucessão e promoção de atletas entre as mesmas, reduzindo-se, assim, os custos que envolvem o contínuo investimento no departamento de futebol profissional.

A viabilidade econômica do Clube não pode ficar à prova por iniciativas pessoais e distantes dos anseios da grande e apaixonada torcida Tricolor: patrimônio indissolúvel do clube. O Grêmio precisa reencontrar seu conjunto competitivo e aguerrido de outrora, mas para isso é necessário um trabalho sério de longo prazo, porém evolutivo. A nossa identidade deve ser fortalecida e a estagnação deixada de lado. O momento de definirmos e alcançarmos o horizonte é hoje!

Saudações tricolores!

Movimento Grêmio Novo

MGN Entrevista – Alessandro Alves dos Santos

A conversa de hoje é com o conselheiro Alessandro Alves dos Santos. Apaixonado por futebol e, acima de tudo um grande estudioso do esporte, Alessandro tem 37 anos de idade, é militar com 19 anos de carreira e integra o Movimento Grêmio Novo desde 2008.

 

MGN – Lembrança de um jogo inesquecível.

Um jogo marcante foi o da grande final da Copa do Brasil de 2001, pois sair de Porto Alegre com o empate, após a vantagem de dois gols do adversário, foi um preparo para o que aconteceu no Morumbi. Com o clube desacreditado perante a crônica, o que me restava era viajar de coração aberto e não pensar em outra coisa que não fosse o título. Em um estádio lotado, brindamos a nação tricolor com a maior e melhor exibição em finais de campeonato. Um jogo tenso, mas uma verdadeira demonstração de organização tática e intensidade de ações. Foi o mais lindo 3 x 1 que vi em minha vida. Uma festa inesquecível! De coração aberto vi o Grêmio Campeão!

MGN – Por que o MGN? Quais as razões para integrar o Movimento Grêmio Novo?

Sempre fui um observador dos bastidores do futebol e atento às movimentações políticas do clube. Em 2008, senti que era o momento de integrar um grupo de sócios e o MGN me chamava a atenção por estar livre de amarras políticas tradicionais. Foi através do anúncio de uma reunião de novos integrantes que possibilitou minha chegada no grupo.

MGN – Conta um pouco da tua história no MGN?

No movimento encontrei pessoas com as quais me identifiquei e logo fui integrado a um grupo de trabalho. Precisamente a Comissão de Futebol. Como membro, participei de muitas reuniões e inúmeras discussões sobre tudo que envolve este esporte. Acabei sendo indicado e eleito para o mandato 2011/12 como Vice-Presidente de Futebol do MGN. Antes já ocupava o cargo de conselheiro conquistado no pleito de 2010.

MGN – Profissionalização na gestão do futebol. Qual tua opinião sobre o tema?

Muito se tem falado sobre este tema. Este processo requer, antes de remunerar pessoas, diagnósticos internos a repeito das metas da entidade. Uma ampla investigação da identidade do clube deve indicar um discurso institucional. Vejo o caminho da verticalização da política de futebol como algo que deva ser aplicado. Integrar o Futebol Profissional com a Categoria de Base, através de uma metodologia padrão de treinamentos, contratações e implementação de um protocolo que vire regra dentro do clube. Chegar ao denominador comum do que é o Grêmio e aperfeiçoar este modelo. Os profissionais contratados devem acrescentar para o aprimoramento do modelo estabelecido, sem ditar regras ou alterar a política do clube.

MGN – Tu ocupa o cargo de Vice-Presidente de Futebol do MGN. Qual o trabalho que a comissão de futebol do Movimento desenvolve?

Recebi a missão de integrar a comissão em atividades práticas e assim estou conduzindo o trabalho. Já são mais de 70 jogos da Base observados, acompanhamento do processo de captação, participação em seminários e cursos, reuniões com dirigentes, encontros com comissões técnicas, viagens com delegações menores e a idealização do Seminário sobre Futebol realizado em novembro de 2011. Tal evento contou com a ilustre participação do Dr. Marco Aurélio Cunha, ex-dirigente do São Paulo FC. Todo este trabalho visa enriquecer o conhecimento dos integrantes do movimento, elucidando as metas e visão estabelecidas pelo clube no desenvolvimento das atividades.

MGN – Na tua opinião, quais os principais problemas enfrentados pelo clube de futebol profissional. Quais são as tuas sugestões e propostas?

Necessitamos firmar uma nova ordem, estabelecendo uma política de governança que envolva todos os processos do clube. Criar uma integração administrativa. Temos que superar a instabilidade vinda dos processos eleitorais, onde cada diretoria eleita se perde em meio as mudanças de prioridades. Iniciamos mandatos com esperança e terminamos preocupados com a eleição e não com o Grêmio a longo prazo. Uma ideia seria o mandato do Presidente passar para 3 anos, o que fortaleceria os processos internos. Temos que transformar nossa cultura através do trabalho que garanta a continuidade de um plano institucional pré-estabelecido. Este trabalho visa ir além do simples cumprimento de mandatos. Enquanto conselheiro, procurarei defender as ideias que avancem neste sentido.

MGN – Uma mensagem final para o associado tricolor.

O MGN ao longo dos anos vem formando um plantel qualificado de integrantes e segue este caminho com o objetivo de tornar a instituição cada vez mais qualificada. O recado que deixo para os associados é que o clube representa o sócio nos seus interesses, desde que estes estejam concatenados e alinhados com a política, metas e visão da entidade chamada Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Creio que nossa instituição pode muito mais. Um abraço amigos!

 

 

 

Equipe Sub-11 é campeã em Alegrete

A equipe Sub-11 da Escolinha de Futebol do Grêmio sagrou-se campeã do Torneio Efipan de Primavera. Na final, disputada ontem à tarde em Alegrete, o Grêmio derrotou os argentinos do Velez Sarsfield pelo placar de 1×0. O certame contou ainda com a participação do Internacional, Peñarol, Barcelona de Lujan e do Flamenguinho de Alegrete.

O título corou uma excelente campanha de nossos meninos, que conseguiram cinco vitórias e apenas uma derrota na fase classificatória. Na semifinal, derrotamos o SCI no Gre-Nal por 1xo. Nossa equipe teve ainda o goleador do Torneio e o goleiro menos vazado. Este é o segundo torneio importante conquistado por esta categoria em 2011. Em julho, a equipe conquistou o Torneio Internacional de Córdoba, na Argentina.

Plantel campeão

O Movimento Grêmio Novo parabeniza seus integrantes Fábio Andretta, Flávio Vasconcellos, Tomás Hartmann, Nilton César Lima e Ricardo Vogt, que estão à frente da direção técnica e administrativa da Escolinha de Futebol do Grêmio. Parabenizamos também todos os nossos futuros craques do plantel e a comissão técnica da equipe Sub-11, liderada pelo treinador Cezinha, Coordenador Técnico William e Supervisor Cristovão Salazar.

Comissão Técnica da equipe Sub-11

Saudações tricolores!

Movimento Grêmio Novo

 

Relato da Copa do Brasil Sub-15

Entre os dias 02 e 14 de julho, como representante da direção de futebol da categoria de base do Grêmio, pude acompanhar a Copa do Brasil Sub-15, sede Apucarana-PR, que contou com 20 clubes nacionais de ponta na formação de jovens valores.

Com atuação destacada o elenco tricolor ficou em quarto lugar, atrás somente de Cruzeiro, São Paulo e do Campeão Santos. Ressalto a presença do ex-atleta e agora coordenador técnico da base, João Antônio, que com sua expêriencia e formação acadêmica soube conduzir em todos os momentos o grupo. A Grande afirmação neste compeonato foi da dupla da
casamata gremista, Gustavo Fragoso e Anderson Sedrez.

Fico grato a direção do clube, na pessoa do assessor Juarez Jover, pela oportunidade de poder viver este momento junto da delegação, que soube representar o modelo Grêmio de comportamento e de jogo nas quatro linhas.

O Grêmio está de parabéns pela qualidade de seus profissionais.

Alessandro Alves dos Santos

Conselheiro do Grêmio FBPA e integrante do MGN

Relato da Escolinha do Grêmio – Torneio de Córdoba

As seleções Sub-10 e Sub-11 de nossa Escola de Futebol tiveram um desempenho formidável no Torneio Internacional de Córdoba, Argentina. A começar pelo Goleador da Competição na categoria 2001, nosso atleta FELIPE SIEDEKUN, com cinco gols, além do goleiro menos vazado LUCAS JACOBSEN, com apenas um gol tomado.

Da mesma forma, na equipe 2000 tivemos o atleta  DOUGLAS TONHOLO (Dodô) como goleiro menos vazado, com apenas um gol tomado e o goleador da competição LÉO CHU, com sete gols, sendo dois destes tentos na partida final contra o Belgrano. Na Sub-10, equipe recém formada, com apenas três meses e meio de treinamento, logramos a terceira colocação, com 11 gols marcados e apenas um sofrido. Já na equipe Sub-11, que vem com uma base do ano anterior, foi alcançado o objetivo traçado do título, onde foi apresentado um futebol altamente técnico e ao mesmo tempo, competitivo.

Mas o principal motivo de termos investido na participação de nossas equipes nesta competição internacional, foi dar experiência à meninada, os  quais com toda a certeza, retornarão muito mais amadurecidos e “cascudos” , com a vivência em solo internacional, longe da família e noutro país.  Parabenizamos toda a comissão técnica Sub-10 (DUDÚ, FELIPE, DINAEL e DANIEL), por ter alcançado a terceira colocação dentre 36 equipes, bem como, a Comissão da equipe Sub-11 (CESINHA, CLEBER, ROBERTO e DANIEL) pelo título internacional alcançado num total de 32 participantes.

Agradecemos ainda aos Coordenadores e Supervisores WILLIAN e CRISTÓVÃO, e principalmente aos senhores pais e responsáveis, pela confiança depositada na Escola de Futebol do GRÊMIO FBPA, confiando-nos a vida de seus filhos a nossos cuidados, por mais de uma semana, em solo estrangeiro.  Por fim, voltaremos a nossa Porto Alegre querida de cabeça erguida, e tranquilos pelo fato de toda a delegação ter representado muito bem o nosso GRÊMIO.

Direção da Escola de Futebol do Grêmio.

Página 1 de 212