#Gremio surpreende o mundo e é campeão mundial de clubes pela primeira vez

December 11, 2017

               Na véspera da sua estreia no Mundial de Clubes, no Emirados Árabes, o Grêmio comemora o aniversário de 34 anos do seu primeiro título mundial.

 

 

 


               Em 11 de dezembro de 1983, o Tricolor Gaúcho, campeão da Libertadores, media forças com o Hamburgo, da Alemanha, vencedor da Copa dos Campeões da Europa, no estádio Nacional de Tóquio.

 

               Comandado por Valdir Espinosa, o Tricolor apostava em uma equipe experiente e no talento do jovem Renato Gaúcho, que já era o principal xodó da exigente torcida.

               Apesar de toda a qualidade gremista, o time brasileiro foi esnobado pelo técnico austríaco, Ernst Happel, que ao desembarcar no Japão, afirmou que não conhecia o Grêmio e se recusou a conceder entrevista ao lado de Espinosa.

               Assim que a bola rolou, todo o orgulho e ar esnobe do técnico rival ficaram pelo caminho, principalmente quando o relógio marcou 38 minutos. Renato Gaúcho recebeu na lateral da grande área, entortou o marcador e bateu para vencer o goleiro, 1 a 0.

               Na segunda etapa, quando tudo parecia encaminhado para o título brasileiro, o Hamburgo empatou aos 40 minutos com Schroder.

               Susto tomado, o Grêmio retomou o controle emocional e decidiu o duelo na prorrogação. Novamente Renato Gaúcho brilhou e após cruzamento da esquerda, cortou o zagueiro e encheu o pé, 2 a 1 e taça na mão do time brasileiro.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Desenvolvido por Monvie 2017©